• Tuuls

5 pontos importantes para gerenciar uma franquia


Uma das principais características que vem se destacando no mercado é o desejo de empreender. A maioria dos brasileiros sonham em conquistar o seu próprio espaço, seja com conquistas pessoais, como a casa própria, ou com conquistas profissionais, tornando-se dono do próprio negócio.

Com as inseguranças econômicas vividas no mercado brasileiro, uma opção mais segura é a aquisição de franquias. De acordo com o SEBRAE, enquanto a taxa de mortalidade das pequenas empresas é bem alta (23%), ela cai para apenas 3% em se tratando de franquias.

A opção das franquias também se destaca como uma boa opção para quem não tem experiência com gestão, pois como os formados operacionais já foram testados anteriormente, é mais difícil que o negócio não dê certo. Ainda conta com o apoio da Associação Brasileira de Franchising (ABF), que auxilia as redes nas estratégias para que os franqueados conquistem seus objetivos e consequentemente, o sucesso.

Mas, caso você esteja pensando em investir em uma franquia, organizamos os 5 principais pontos que merecem sua atenção no momento da aquisição e posteriormente, na gerencia do negócio.


1. Localização: item muito importante na hora de empreender em qualquer área, é encontrar a localização. Para Pedro Almeira, diretor da Franchise Solutions, o ideal na escolhe é entender se o negócio é de destino ou passagem. Conforme explica:

“Existem negócios que são de passagem e outros que são de destino. A principal diferença entre eles é que, os de ‘passagem’ precisam ser instalados em locais com grande fluxo de pessoas ou de carros, como shoppings e centros de compras. Já os de ‘destino’ não necessitam disso, porém precisam ter facilidade de acesso”

2. Capital de Giro: não poderia ser diferente, o dinheiro é essencial para a sobrevivência do negócio. De acordo com o SEBRAE, 28% das franquias que fecham é por falta de capital de giro. Atualmente há uma grande oferta de linhas de crédito oferecida por bancos públicos e privados, que auxilia muito. Porém, mesmo com esse auxilio, é essencial que se tenha noção do quanto é preciso de capital de giro no início.

3. Treinamento: tão essencial quanto os itens acima, o treinamento faz parte da preparação da equipe de colaboradores que auxiliarão no desenvolvimento do negócio. É imprescindível um treinamento especializado no negócio, oferecido pelas franqueadoras, e um treinamento contínuo com gestão de pessoas, sempre motivando e melhorando o grupo de pessoas.

4. Concorrência: a principal estratégica apontada por Almeida, para encarar a concorrência é a precificação. Para ele, é necessário planejar os períodos com menos vendas, sempre estudando se a baixa de preço não irá afetar negativamente o fluxo de caixa.

5. Sazonalidade: Sempre existirão momentos mais e menos propícios para a comercialização de um produto. O ideal é se programar e pensar estrategicamente cada um desses momentos. Seja com o auxílio da comunicação ou com reservas de caixa, o ideal é sempre estar preparado e não cair no esquecimento dos clientes.

Uma dica final é: planeje e organize-se.

Seja no início ou já sendo um franquiado, o ideal é sempre ter um planejamento traçado e a empresa organizada. Haverão momentos mais difíceis, mas com os dois itens alinhados, o sucesso é garantido.

74 visualizações

HQ
5F, East Side, THE HUB Tower 3, Nº 888 ShenChang Road
Shanghai, 201100

Siga-nos nas Redes Sociais:

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Blogger - Círculo Branco

QUICK LINKS

Copyright © 2019 tuuls | Todos os direitos reservados | CNPJ: 31.074.194/0001-01